javascript:; ~ INGÁ ONLINE

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Jovem de 19 anos é executado com seis tiros em Formosa.
Um jovem de 19 anos foi assassinado com seis tiros no início da tarde de quarta-feira.
Dia 28 no Setor Abreu, o corpo de Rafael Serafim dos Reis Soares foi encontrado em um matagal da região com as marcas de tiros no tórax. No mesmo dia policiais militares prenderam um suspeito, que negou a autoria do crime, mas admitiu que havia usado drogas com a vítima antes do homicídio. De acordo com o delegado-chefe Carlos Firmino, do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops) de Formosa, em depoimento, o homem disse que um grupo consumia entorpecentes quando um homem teria chegado ao local armado. Após discutir com Rafael, ele teria atirado e fugindo em seguida. Por falta de provas, o suspeito foi liberado.
Segundo o delegado, três pessoas foram apontadas como suspeitas. "Uma das linhas de investigação é a hipótese de uma suposta dívida da vítima com traficantes da região", disse. Ainda de acordo com o delegado, no dia 9 de abril do ano passado, o irmão de Rafael, Bruno Serafim dos Reis, foi assassinado de maneira semelhante. Sem especificar o crime, o titular informou que Bruno possuía passagens pela polícia, já Rafael tinha a ficha criminal limpa.

Violência
O delegado afirmou ainda que a quantidade de homicídios tem prejudicado a investigação de outros crimes. "De dez anos para cá, são mais de 200 inquéritos de homicídios parados. Os índices andam muito altos e temos trabalhado com o foco nas investigações de assassinatos justamente para não dar aos criminosos a sensação de impunidade", enfatiza Firmino. Somente de janeiro até agora, o município goiano de 100 mil habitantes registrou mais de 1.5 mil boletins de ocorrência.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger