javascript:; ~ INGÁ ONLINE

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Em 17 dias, Força Nacional prende 28 pessoas no Entorno do DF

Operação é realizada nas cinco cidades com maior índice de criminalidade.
Primeiro balanço aponta 4 mil pessoas revistadas e 11 armas apreendidas.

  •  
1º balanço das operações da Força Nacional no Entorno
Início das ações 18 de abril
Municípios 5
Pessoas presas 28
Menores apreendidos 7
Pedestres revistados 4 mil
Veículos vistoriados: 400 carros e 450 motos
Bares revistados 200
Armas apreendidas 11 (5 de fogo)
Munições apreendidas 37
Máquinas caça-níquel apreendidas 13
Valores apreendidos R$ 992
Veículos aprendidos 1 carro e 1 moto roubados

Fonte: Força Nacional
Em 17 dias de operação de combate ao crime no Entorno do Distrito Federal, a Força Nacional de Segurança prendeu 28 pessoas – uma delas foragida da Justiça de Minas Gerais – e apreendeu sete menores. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (5) pela Força Nacional, no primeiro balanço oficial da operação, realizada em cinco cidades do Entorno do DF.
Ao todo, cinco armas de fogo e seis facas foram apreendidas e mais de 4 mil pedestres e 400 carros, revistados. A operação no Entorno é realizada por 110 homens da corporação em conjunto com a Polícia Militar de Goiás.
O pedido de atuação da Força Nacional no combate à violência nas cidades próximas a Brasília foi feita pelo governo de Goiás ao Ministério da Jutiça. A operação visa tentar reduzir os índices de violência nas cidades que fazem divisa com o Distrito Federal, algumas com taxas de homicídio de 75 casos para cada grupo de 100 mil habitantes – a média nacional é de 24 para 100 mil.
De acordo com a a capitã da Força Nacional Renata Alves, foram realizadas 80 operações nas cinco cidades com maior índice de criminalidade do Entorno: Águas Lindas, Novo Gama, Luziânia, Valparaíso e Cidade Ocidental.
A maior parte das ações é realizada no período nos finais de semana, à noite. “As operações são feitas nos horários com maior incidência criminal. Isso ocorre durante a madrugada de sábado e domingo. Durante a semana,  no período da tarde e no início da noite”, disse a capitã.
Águas Lindas foi a cidade com o maior número de ocorrências registradas. Foram presas em flagrante13 pessoas  e três armas de fogo apreendidas na região. Em seguida ficou o Novo Gama, com sete prisões em flagrante.
De acordo com a capitã, ainda não é possível avaliar se houve uma diminuição da criminalidade no Entorno. “Como as ocorrências são feitas pela Polícia Civil, a análise comparativa do número de registros só pode ser feita por eles”, afirmou.
Para o Delegado 5ª Delegacia Regional de Polícia de Luziânia, Juracir José Pereira, a presença da Força Nacional na região inibe a criminalidade. “Mas eu não acho que essa seja uma solução definitiva. Deveria haver um aumento no número de policiais na rua”, disse.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger