javascript:; Apreensão de 4 Kg de cocaína é uma das maiores da Polícia Civil neste ano ~ INGÁ ONLINE

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Apreensão de 4 Kg de cocaína é uma das maiores da Polícia Civil neste ano

Uma das maiores apreensões de cocaína deste ano pela Polícia Civil foi realizada em Planaltina. Os agentes da 31ª Delegacia de Polícia (Planaltina) encontraram 4,2 kg da droga, avaliada em R$ 80 mil, além de R$ 13 mil em notas.

A cocaína estava escondida em uma casa em Planaltina onde moravam dois casais. A operação, realizada no sábado (2/7) e domingo (3/7), é resultado de dois meses de investigação. Os quatro acusados foram presos em flagrante por tráfico e associação de drogas, além de posse e porte ilegal de armas.

No local, a polícia encontrou ainda 200g de maconha, dois revólveres, calibres 32 e 38, uma pistola 380, uma espingarda calibre 12, grande quantidade de munição, três balanças de precisão, e vários aparelhos eletrônicos e eletrodomésticos, adquiridos a partir do dinheiro do tráfico de drogas.

“Essa foi uma das maiores apreensões de cocaína do ano da PCDF, sem contar com a quantidade de armas e dinheiro apreendidas”, afirmou o delegado da 31ª Delegacia de Polícia de Planaltina, Paulo Renato Fayão.

De acordo com Fayão, a quantidade apreendida poderia ser utilizada para compor uma comercialização maior. “Cada quilo de cocaína pode render até 10kg de crack, dependendo da pureza da droga”, explicou o delegado.

Os acusados são os irmãos Luis Carlos Oliveira Silva, 43 anos, Ronaldo Oliveira Silva, 31, e as respectivas companheiras, Denísia Vanderlei de Oliveira, 30, e Juliana Ribeiro da Silva, 22.

A pena para cada um varia de acordo com as acusações: cinco a 15 anos por tráfico de drogas; três a 10 anos por associação para o tráfico; um a três anos por posse e porte ilegal de armas; e três3 a seis anos por porte de armas de uso restrito – calibre restrito utilizado pelas forças armadas e civil, militar.

Os irmãos estão no cárcere do Departamento de Polícia Especializada e as mulheres foram encaminhadas à Penitenciária Feminina do Distrito Federal.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger