javascript:; Rodoviários de Águas Lindas continuam com a greve ~ INGÁ ONLINE

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Rodoviários de Águas Lindas continuam com a greve

A greve dos rodoviários de Águas Lindas continua nesta quinta-feira (28) mesmo com a decisão judicial que determina a suspensão da greve, sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. Nenhum dos 350 ônibus que fazem a ligação da cidade ao Distrito Federal está em circulação. Em Santo Antônio do Descoberto e em Valparaíso as empresas conseguiram colocar os ônibus nas ruas.


Nesta quarta-feira (27) a greve foi considerada ilegal pelo Tribunal Regional de Trabalho da 18ª Região. A multa foi definida pelo desembargador e presidente do TRT de Goiás, Mário Bottazzo e será aplicada contra o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Terrestres de Passageiros e Carga do Município de Águas Lindas de Goiás (Sinditrans-Al) e a Central Única dos Trabalhadores do DF (CUT-DF).


O presidente do Sinditrans-Al, Renilton Gonçalves, diz que a greve vai continuar mesmo após a decretação da multa. “O sindicato vai levar a multa, mas os rodoviários vão continuar com as manifestações. Quem não quer rodar é a categoria”, afirma. “Não posso chegar lá e falar que todo mundo vai rodar. Não movi uma palha para os rodoviários pararem, agora não vou mover uma palha para eles retornarem”.


 Na segunda-feira (25), os trabalhadores de Águas Lindas iniciaram a paralisação. Na terça (26), os rodoviários de Santo Antônio do Descoberto aderiram à greve e, nesta quarta (27), parte dos rodoviários de Valparaíso não trabalhou. Eles pediam reajuste de 20% nos salários. A proposta das empresas era de um aumento de 6,29%.


O acordo coletivo de trabalho homologado pelo presidente do TRT concede aumento de 8% à categoria, sendo 1,71% de ganho real, a partir de 1º de agosto. O reajuste incidirá sobre todas as parcelas econômicas já conquistadas pela categoria.


Fonte: clicabrasilia.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger