javascript:; Cursos de Polícia Comunitária priorizam o entorno do DF ~ INGÁ ONLINE

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Cursos de Polícia Comunitária priorizam o entorno do DF

Cidades do entorno do Distrito Federal receberão cinco dos seis cursos de Promotor Nacional de Polícia Comunitária, disponibilizados para Goiás, de agosto a outubro deste ano. O curso é oferecido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), em parceria com a Coordenação de Policiamento Comunitário da PM goiana e é uma oportunidade de aprimoramento profissional para policiais e sociedade em geral. A finalidade do curso é formar multiplicadores aptos a divulgar e implantar a filosofia de polícia comunitária em todo o Estado.

De hoje até a próxima sexta-feira, o curso será oferecido em Goiânia, na Avenida do Povo, no Jardim Curitiba 3, a dez policiais militares da região (10º BPM)  e trinta convidados, entre educadores, agentes de saúde e integrantes da Rede de Apoio a Segurança - RAS, que inclui taxistas, lavadores de carro, comerciantes, trabalhadores do setor hoteleiro etc.  As edições seguintes serão no entorno do Distrito Federal.

De 29 de agosto a 2 de setembro, o curso será ministrado em Luziânia;  de 12 a 16 de setembro, na Cidade Ocidental; de 19 a 23 de setembro, em Valparaíso; de 26 a 30 de setembro, em Novo Gama e de 3 a 7 de outubro, em Cristalina. Ao todo, incluindo Goiânia, foram oferecidas 300 vagas, sendo 70 para policiais militares e as demais para convidados.

A Coordenação de Policiamento Comunitário da Polícia Militar informou que as 230 vagas destinadas aos convidados foram preenchidas por representantes da educação (professores, alunos e servidores administrativos); saúde (agentes do Programa Saúde da Família (PSF); Correios (carteiros); prefeituras; igrejas (todas as denominações); maçonaria; Rotary, Lions, bombeiros, agentes de trânsito e vigilantes. 

Uma das instrutoras do curso de Promotor de Polícia Comunitária Waldirene Gualberto, que também é gerente de Integração Polícia Comunidade (GIPC) da Secretaria de Segurança Pública, comemora a participação de tantos segmentos e diz que isso prova o interesse da sociedade em resolver o problema da região, uma das mais violentas do país. “A sensibilização do entorno só vai acontecer a partir do momento em que cada homem e cada mulher, que vive naquela comunidade, tomar frente e assumir sua parcela de responsabilidade frente ao local onde mora, trabalha e vive com sua família”, sentencia.

O curso acontece das 8 às 18 horas, com intervalo de duas horas para almoço, e é certificado pela Senasp e SSP. Os interessados em tentar uma vaga podem se inscrever numa lista de espera mandando um e-mail para 5crpm-sop@pm.go.gov.br. Mais informações: (62) 3201-4820 / (61) 3625-6305

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger