javascript:; Mãe espera há quatro dias para enterrar filho no Entorno do DF ~ INGÁ ONLINE

terça-feira, 4 de outubro de 2011

Mãe espera há quatro dias para enterrar filho no Entorno do DF

Corpo não foi enterrado porque falta uma assinatura na declaração de óbito. Cemitério de Águas Lindas alega que é crime enterrar sem documentação.

Em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, uma mãe tenta enterrar seu filho há quatro dias. O rapaz, de 19 anos, foi assassinado com três tiros na última sexta-feira (30).O corpo foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML) na segunda (3) e está dentro do carro de uma funerária porque falta uma assinatura na declaração de óbito.

"Eu só quero enterrar o meu filho, meu sofrimento está demais", lamenta Maria de Jesus Oliveira, a mãe do rapaz. Ela já tinha organizado o enterro do filho e agora as flores que seriam usadas na cerimônia estão guardadas na cozinha da casa dela.
A família não conseguiu resolver a situação na segunda porque o cartório estava fechado. Sem o registro correto, a administração do cemitério impediu o enterro.
O cemitério de Águas Lindas informou que não pode enterrar uma pessoa sem a guia de sepultamento emitida pelo único cartório da cidade porque isso seria crime. O diretor administrativo Francisco de Assis informou que a família só foi ao cemitéiro ontem às 17h, e sem a guia de sepultamento.
 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger