javascript:; Delegado é detido após briga de trânsito em Goianira (GO) ~ INGÁ ONLINE

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Delegado é detido após briga de trânsito em Goianira (GO)

Segundo a Polícia Civil, ele estaria embriagado e teria feito disparos.
Delegado diz que desceu com arma de carro, mas nega ter atirado.

O delegado-adjunto da Delegacia Especializada de Repressão a Narcóticos (Denarc), Alexandre Meinberg, de 32 anos, foi detido, na noite de sábado (5), após uma discussão de trânsito, em Goianira, a 32 km de Goiânia. As informações foram divulgadas pela Polícia Civil nesta segunda-feira (7).
A polícia informou que o delegado estaria com um amigo, que conduzia o veículo, e embriagado, quando os retrovisores do carro dele se chocaram com os de outro veículo. Ainda segundo a polícia, o delegado teria descido do carro armado e ameaçado os ocupantes do outro veículo,  efetuando dois disparos no chão -- no outro carro estariam duas mulheres e duas crianças.
Edemundo Dias, delegado-geral da Polícia Civil em Goiás, disse que Alexandre Meinberg irá responder administrativamente pelo ocorrido. “É um crime de potencial menor, afiançável. Ele pagou a fiança e está em liberdade. Nós vamos dar todo o apoio psicológico para ele e ver se ele tem condições de reassumir as funções o mais rápido possível. Nós estamos agindo constrangidos, mas na forma pela qual a lei determina", disse.
Em entrevista ao G1, na tarde desta segunda-feira, Alexandre Meinberg negou o que foi relatado pela Polícia Civil e disse que não existem provas contra ele: “Não houve disparo nenhum. Eu realmente desci com a arma, mas não disparei. Não tem provas, não tem materialidade para essas acusações. Se eu tivesse atirado, teria vestígios no chão, e não tem. A minha arma foi recolhida com todas as munições”, alega.
O delegado nega que estivesse embriado e também nega que um amigo dirigia o veículo dele: “Eu não estava embriagado. Eu mesmo dirigia o meu carro.” Ele diz que no outro carro estavam um homem, uma mulher e três crianças.
A discussão, segundo Meinberg, começou por causa do motorista do outro carro: “Depois que houve a batida, ele veio atrás de mim piscando os faróis, eu já ia parar para ver, mas ele veio me injuriando e eu desci com a arma”, diz. “O que estão fazendo é uma tentativa de denegrir minha imagem”, afirma.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Powered by Blogger